Poucos saberão que a palavra Hispania significa “terra dos coelhos” em fenício. Mesmo no tempo de Adriano, a nossa península era representada pela figura de uma senhora sentada com um coelho a seus pés. É inegável que hoje estes animais continuam a correr pelos nossos campos, embora, sem dúvida, em menor número do que durante a era romana. A carne destes animais faz parte da nossa dieta desde tempos imemoriais.

De fato,sabendo que o consumo de Carne de Coelho beneficia de uma composição nutricional muito equilibrada, uma carne branca, com baixo teor de gordura e cujo perfil nutricional aconselha o seu consumo a toda a população em geral e a atletas e praticantes de desporto em particular. Uma das grandes virtudes da carne de coelho é a abundância de proteínas, essencial para o desenvolvimento muscular.

Um ótimo compêndio de propriedades

A carne de coelho é rica em vitaminas B3, B6 e B12. Uma dose de carne de coelho fornece mais de 100% da quantidade diária recomendada de vitamina B3, quase 40% de vitamina B6 e o ​​triplo da necessidade de vitamina B12.

O fato de o coelho ser rico em vitamina B12 é, segundo um estudo publicado no Journal of American Medical Association’, o complemento ideal para as pessoas que foram sujeitas a tratamentos com omeprazol durante largos períodos, pois têm até 65% mais probabilidades de sofrer de deficiência de vitamina B12 . Esta deficiência pode levar a problemas de demência, danos neurológicos ou anemia , entre outras doenças possíveis. A ingestão de carne de coelho é pois aconselhada para colmatar esta insuficiência de vitamina B12.

Existem mais razões e argumentos relacionados com a saúde para o consumo da carne de coelho. Por exemplo, o seu conteúdo em fósforo, selênio e potássio . O hipertenso  pode consumir sem receio carne de coelho, dada sua baixa contribuição de sódio. Outro tema de saúde que é habitualmente discutido nos consumidores de carne, é o ácido úrico, as purinas. Felizmente, a carne de coelho não tem esses problemas. Quer procure uma dieta de emagrecimento ou simplesmente apostar numa dieta saudável não pode deixar de comer este tipo de carne branca. A digestão de 100 gramas de coelho não excede as 140 calorias.

Também altamente indicada para os primeiros anos de vida

Sendo classificada como carne branca, é uma das primeiras carnes recomendadas para bebés dos 6 a 7 meses de idade, que é quando geralmente são incorporados os alimentos complementares.

Infelizmente, pouquíssimos pais percebem isso quando preparam a comida dos seus filhos e muito menos a indústria alimentar oferece alimentos para bebés feitos de carne de coelho. Felizmente passou a existir uma solução para este problema, com a Mitt – Food innovation.

Deliciosas receitas e aconselhamento profissional

No nosso site – www.mitt.pt – encontra deliciosas receitas de carne de coelho. Faça-nos sugestões de receitas ou peça aconselhamento que a nossa equipa Mitt responderá rapidamente com a solução mais adequada para si.

Ao continuar a usar o site, concorda com o uso de cookies. Pode alterar as definições de cookies a qualquer altura. mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close